III Memorial Taya Efremoff – Circuito Grandes Enxadristas Brasileiras 2013

Ocorreu no domingo na AAAOC (Associação Atlética Acadêmica Oswaldo Cruz), o III Torneio Memorial Taya Efremoff, com o objetivo de homenagear a Campeã Brasileira de 1958/1959. Taya nasceu na Ucrânia, em 28/09/1904. Foi Campeã Brasileira em 1958/1959 e vice-campeã em 1961 e 1965. Publicou em 1972, o livro “Fundamentos do Jogo de Xadrez”. O primeiro curso de xadrez escolar implantado no Brasil em 1967 ficou sob sua responsabilidade e desenvolveu o projeto no município de Araraquara/SP, cidade que homenageou com uma avenida com o nome de Taya Efremoff. Faleceu na cidade de São Paulo, em 22/12/1991.

Taya Efremoff

Taya Efremoff

Este torneio faz parte do Circuito Grandes Enxadristas Brasileiras 2013, organizado pela Liga de Xadrez, com arbitragem de Sergio Melo. Uma excelente iniciativa para homenagear nossas campeãs e manter suas memórias 🙂

Líria Garcia (10º lugar), foi destaque na categoria feminino, com 4 pontos em 6 rodadas. O GM Felipe El Debs foi o campeão.

 487778_377471819018611_872448510_n

Líria Garcia

escrito por Tatiane Coelho, enxadrista de SP

Anúncios

VI Torneio de Xadrez Amador da “Consciência do Xadrez”, participação de 19 jogadoras!

Imagem

 WCM Vanessa Gazola

Ocorreu no sábado, na Academia de Xadrez da Consciência do Xadrez, em São Paulo, o VI Torneio de Xadrez Amador, organizado por Edy Sakita e arbitrado pelo AI Mauro Amaral, o evento contou com a participação de 71 enxadristas, dentre eles, 19 jogadoras na disputa! Destaque para WCM Vanessa Gazola (9º lugar), vencendo o melhor feminino ao somar 4,5 em 6 rodadas. Meilin Hoshino, venceu a categoria sub-8 e Ananda Alves, no sub-12. O MF Álvaro Aranha, foi o campeão.

Parabéns, meninas!

Escrito por Tatiane Coelho, enxadrista de SP

Larissa Ichimura é o melhor feminino no II IRT Interior de Rio Claro (SP)

Finalizado no domingo o II IRT Interior de Rio Claro, sob a direção de Adan Brassoloto e equipe, com arbitragem do AN Cassius Alexandre. A competição contou com a participação de 45 enxadristas, dentre eles 11 jogadoras. A Campeã Paulista sub-18, Larissa Ichimura (9º lugar), foi o destaque com 4 pontos em 6 rodadas, vencendo a categoria feminina. Edgar Rodrigues foi o campeão.

Parabéns Larissa!

Imagem

Vivian Henrichs (2º Melhor Feminino) e Larissa Ichimura (Melhor Feminino)

ImagemTatiane Coelho

ImagemDanielle Auriemo

Imagem

 Larissa Yuki

Imagem

 Lilian Dutra

Imagem

Eymi Montufar

428380_527429543969659_1589535925_n

Evelyn Penha

ImagemDerli Francelli

ImagemJuliana Sobral
Imagem

 Julia Cardoso

Imagem

Lesly Motunfar

“Sou Tatiane Coelho, enxadrista da cidade de São Paulo. Auxiliarei o blog Xadrez Feminino na divulgação de eventos de xadrez realizados no Estado de SP!

Agradeço à enxadrista Ellen Giese pela oportunidade. Espero contribuir o máximo que puder no projeto e ver o nosso xadrez feminino crescendo e valorizando cada dia mais.”

En passant

Imagem

A menininha da curiosa foto acima se chama Jutta Hempel, na época com apenas 6 anos de idade e enfrentando 12 jogadores no Clube de Xadrez Streichmuhle na Alemanha Ocidental em 1966. A jovem alemã venceu seis jogos e empatou as demais partidas.

A história de Jutta Hempel, nascida em Flensburg (Alemanha) em 1960 vem circulando nas redes sociais e desperta a curiosidade pela imagem inusitada. Aos 3 anos, era capaz de reproduzir de memória uma partida de xadrez. Aos 4 anos, já estava jogando com jovens enxadristas de sua cidade. Aos 5 anos, era a melhor jogadora júnior na cidade. Aos 6 anos, em uma simultânea contra 12 jogadores obteve o score 9,5 a 2,5.  Aos 7 anos, ganhou o campeonato júnior de Flensburg e jogou seis partidas simultâneas com os olhos vendados. Aos 8 anos realizou simultâneas transmitidas pela televisão. Aos 9 anos, ganhou um concurso de resolução de problemas. A última vez que jogou foi em 2 de junho de 1979, no Torneio Relâmpago de Flensburg, no qual ela ficou em primeiro lugar invicta.

juttahempel

Este post foi traduzido a partir deste texto, onde podem ser encontradas algumas partidas desta jogadora-prodígio.

 *En passant  é uma seção de curiosidades sobre o xadrez feminino no  Brasil e no mundo

Mate em 1…

… Brasileiras em eventos internacionais:

juliana teraosuzana chang virginia reis

WMI Juliana Terao, WMF Suzana Chang e Virgínia dos Reis

 *Mate em 1… é uma seção de notas rápidas que noticia de forma sucinta o que está acontecendo no momento